A importância de dar atenção aos brinquedos para bebê

4 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Os brinquedos para bebê vão muito além da diversão e descoberta que são naturais durante os primeiros meses de vida. Esses itens devem fazer parte da rotina do seu pequeno, pois são essenciais para o desenvolvimento infantil. Por essa razão, é necessário ter cuidado e atenção na escolha desses produtos.

Considerar cada faixa etária antes de oferecer os brinquedos é garantir que eles estejam mais alinhados às necessidades do desenvolvimento da criança. Essa precaução é indispensável não apenas para o crescimento, mas também por questões de segurança.

Entenda, a seguir, quais são os critérios e cuidados que devem ser priorizados na escolha de brinquedos que serão oferecidos ao seu bebê. Acompanhe!

Como escolher brinquedos de acordo com a faixa etária?

As crianças criam vínculos com os seus brinquedos não apenas porque eles estão envolvidos em momentos de lazer e diversão, mas também porque fazem parte do processo de aprendizagem, descoberta e experimentação do mundo.

Contudo, conforme amadurece, o seu filho buscará novos desafios que sejam mais complexos e que demandem o desenvolvimento de novas habilidades. Confira, a seguir, quais tipos de brinquedos são indicados para cada faixa etária!

Até os 6 meses

Dê ao seu bebê mordedores e brinquedos sonoros, como os chocalhos. Os brinquedos do berço e das cadeiras de descanso têm o máximo de sua função aproveitada nessa fase.

É importante que todo passatempo seja adequado para a criança levar à boca. Assim, o material deve ser fácil de ser higienizado, macio, sem pontas e sem produtos químicos que podem se soltar, como as tintas.

6 meses – 1 ano

Os brinquedos de montar com cores e formas diversificadas vão chamar a atenção da criança, que passará a realizar movimentos e combinar peças diferentes. Por essa razão, o mais indicado durante essa etapa são os brinquedos flutuantes para atividades na água, durante o banho, por exemplo. 

Os itens de montar ganham destaque. Assim, todos os produtos de empilhar, combinar, desmontar e que tenham efeitos sonoros são interessantes para o pequeno.

1 e 2 anos

O seu bebê já terá um bom equilíbrio e as atividades e brincadeiras pode ser mais complexas.

As figuras e ilustrações, texturas variadas, bonecos e bichos de pelúcia e outras atividades que utilizem os 3 sentidos, audição, visão e tato, pode ser explorados.

2 e 3 anos

Jogos com bolas de formas e tamanhos diversos, blocos, aparelhos musicais e os tradicionais carrinhos e bonecas ganham maior importância a partir dessa idade.

Além disso, brinquedos que exigem equilíbrio e movimentação, como os cavalinhos, também se tornam destaque e podem ser introduzidos na diversão infantil.

3 e 4 anos

As massas de modelar, os aviões e outros brinquedos de controle remoto, as aventuras em cabanas e acampamentos fictícios, os triciclos, fantasias e instrumentos musicais, quebra-cabeças e elementos de papelaria podem começar a ser apresentados durante essa idade.

4 e 6 anos

Apresente ao seu filho brinquedos que contam histórias e demonstram o funcionamento e regras de ambientes diferentes (escolas, hospitais, cidades, postos de gasolinas etc).

6 em diante

Depois dos 6 anos de idade os itens oferecidos podem ser mais radicais. Assim, os patins, bicicletas e artigos esportivos podem ser apresentados às crianças.

Kits de ciência e jogos de tabuleiros podem ser explorados com maior segurança durante essa idade.

Quais são os cuidados necessários na hora de escolher brinquedos?

Evite os brinquedos piratas

Para evitar acidentes e oferecer segurança para o seu filho, evite os brinquedos piratas. Esses itens são fabricados com materiais de menor qualidade, duram menos, não têm garantias, quebram com maior facilidade e podem representar diversos riscos para os pequenos.

Sempre procure pelo selo do Inmetro

Todos os brinquedos certificados pelo Inmetro são avaliados e testados para assegurar sua qualidade antes de serem oferecidos às crianças.

Cheque as características físicas do produto

Por fim, examine você mesmo se não existem pontas que podem machucar ou se soltar facilmente. Peças assim sempre têm o risco de serem engolidas por crianças pequenas.

Agora que você já conferiu as nossas dicas sobre a importância de dar atenção aos brinquedos para bebê e já sabe quais critérios utilizar durante a compra, que tal seguir a nossa página no Instagram? Assim, você não perde nenhum dos nossos conteúdos!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário