Afinal, como escolher a melhor chupeta para bebê? Descubra agora!

3 minutos para ler
Powered by Rock Convert

O uso de chupeta para bebê é uma discussão que se atualiza constantemente. Isso acontece porque a tecnologia está sempre em busca de soluções para os argumentos que não recomendam o objeto. Mas afinal, será que é bom para o seu filho?

A verdade é que ainda há quem diga que é melhor deixar o item de lado. Por outro lado, é seguro afirmar que o seu uso correto pode fazer bem para o neném e para você.

Pensando nisso, o post de hoje vai te ajudar a escolher a melhor chupeta, além de explicar as melhores formas de usá-la e mostrar quando é hora de tirá-la. Continue a leitura e saiba tudo sobre o assunto!

A chupeta para bebê

Esse objeto, que já existe há pelo menos 100 anos, foi criado com o objetivo de simular o mamilo, que é a primeira fonte de alimento de um ser humano. A sensação do seio da mãe acalma muito o bebê. No entanto, esse não é o único motivo pelo qual seu uso é recomendado.

Além do efeito calmante do objeto, ele reduz os riscos da síndrome da morte súbita, facilita a respiração durante o sono e diminui o desconforto durante a fase de nascimento dos primeiros dentinhos. Ou seja, o que não falta é motivo para o seu filho adorar esse item!

Como escolher a melhor chupeta

Para fazer a escolha correta, é preciso ficar atento a alguns critérios que podem fazer toda a diferença para o seu neném. Continue a leitura e saiba mais.

Formato

Existem dois formatos mais utilizados, sendo que cada um tem uma funcionalidade.

O bico anatômico simula o seio da mãe, permitindo que o bebê se sinta mais confortável durante o uso. Por outro lado, a forma ortodôntica é um pouco mais achatada e virada para cima, pois tem como função se adequar ao céu da boca da criança e manter o crescimento natural do maxilar, sem deixar os dentes tortos.

Material

Antigamente, as chupetas eram feitas de látex. Atualmente, esse material não é mais utilizado. O produto mais comum para a fabricação dos bicos é o silicone.

É importante, no entanto, verificar a presença de BPA na hora da compra. Trata-se de uma substância contida na fabricação de policarbonato — material utilizado na produção do objeto. Como o composto pode fazer mal para a criança, fique de olho no selo “BPA free” na hora da compra.

Tamanho

Conforme seu filho cresce, a cavidade bucal também muda de tamanho. Por isso, é preciso trocar a chupeta do seu neném de acordo com seu crescimento. Em geral, as embalagens apontam a idade ideal a que o produto se destina, facilitando sua decisão no ato da compra.

Não espere, porém, que seu bebê complete a idade informada no produto. É necessário trocar de bico a cada 2 meses.

Agora que você já sabe como escolher a chupeta ideal para seu filho, lembre-se que é importante interromper o uso antes dos 3 anos de idade. Sendo assim, procure começar o processo de retirada a partir dos 2 anos, de modo gradual.

Que tal aproveitar que você já sabe tudo sobre chupeta para bebê e escolher o produto ideal para a criança?

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário