Será que chegou a hora de comprar brinquedos novos e doar os antigos?

6 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Está pensando em comprar brinquedos novos? Se encontrá-los por toda parte da casa já virou rotina e você não aguenta mais ver o quarto das crianças desorganizado a toda hora, antes, é melhor analisar o que pode ser finalmente passado para frente.

A doação de brinquedos ensina lições valiosas para as crianças, além de ser um momento especial para os pais, já que essa atividade mantém os familiares entrosados e dá uma nova energia para a casa.

A seguir, entenda o melhor momento de fazer a doação antes de comprar novos brinquedos, a importância dessa prática para a criança e como ajudá-la nesse processo.

Quando é o momento de comprar brinquedos novos e doar os antigos?

Comprar brinquedos é uma verdadeira festa para uma criança. Estar entre bichos de pelúcia, bolas, jogos de tabuleiro e muitos outros itens com sons e cores atrativos e sair sem nenhum brinquedo parece não fazer muito sentido na cabeça dos pequenos.

No entanto, o que foi adquirido com tanta euforia pode perder o seu valor lúdico em questão de dias e se tornar mais um brinquedo da caixa. Sem a devida atenção dos pais, essa rotina, além de gerar desperdício financeiro, instiga o apego material da criança por brinquedos que ela mal toca.

A casa fica desorganizada com a quantidade de coisas espalhadas e algumas delas acabam se deteriorando com o tempo, transformando-se em lixo. Soma-se a isso o fato de que muitos brinquedos se tornam desinteressantes conforme a criança cresce, o que aumenta a quantidade de itens deixados de lado.

Frente a esse cenário, parece que a única saída é apostar na doação. É a solução que dará alegria para outras crianças e trará ao doador a chance de sentir aquele sentimento prazeroso de estar dentro da loja para comprar brinquedos novos.

Por que incentivar a doação de brinquedos desde cedo?

O acúmulo de bens materiais não é uma questão relacionada exclusivamente às crianças; no mundo dos adultos, o que mais vemos são pessoas com milhares de roupas inutilizadas no guarda-roupa, bolsas deixadas de lado e eletrônicos juntando poeira.

Embora não seja um problema do mundo infantil, muitas vezes é nele que tudo começa — ou, pelo menos, não é evitado.

Até os 2 ou 3 anos, a criança tem um forte apego pelos seus itens, o que dificulta as intervenções dos pais. Mesmo assim, é importante começar a mostrar que deixar outra criança brincar com seus brinquedos pode ser uma boa opção, já que isso permite que ela também se divirta com outros brinquedos.

Procurar conversar sobre a doação desde cedo, mostrando que outras crianças não têm tantos brinquedos legais, também é uma grande descoberta. Dessa forma, o desenvolvimento emocional da criança é trabalhado aos poucos, pois a empatia não será mais uma sensação estranha daqui para frente.

Como ajudar a criança a doar?

Agora que você conhece a importância do estímulo à doação desde cedo, separamos algumas práticas que tornarão esse momento especial na vida da criança e dos pais. Acompanhe!

Não faça nada escondido da criança

É importante que a criança esteja presente em todas as fases da doação dos brinquedos, e que nenhum seja selecionado sem o seu consentimento. Ela pode estar muito apegada a um brinquedo e não querer que ele seja doado.

Respeitar o tempo da criança é fundamental nesse momento, pois o que deve ser uma ação construtiva de empatia pode virar um ressentimento incorporado ao longo dos anos.

Ensine pelo exemplo

Os pais sabem que a capacidade de acumular coisas parece que se multiplica depois de ter filhos. São roupas de bebê que guardam boas memórias, um móvel que servirá em um futuro próximo e tantas outras coisas que, de repente, apenas acumulam poeira e ocupam um espaço útil na residência.

Como incentivar o desapego nesse cenário? É importante fazer uma “limpa” no lar, explicar à criança o porquê de certas coisas não estarem mais aonde sempre estiveram — e, aos poucos, mostrar que seus brinquedos também podem entrar nessa brincadeira.

Separe os brinquedos em caixas

Ao organizar o que será doado ou não, vale a pena separar todos os brinquedos em três caixas (sempre com a ajuda da criança): uma para os itens que serão doados, outra para os itens que serão guardados e outra para os itens que precisam ser jogados no lixo.

Esse processo fica mais fácil de ser encarado aos olhos dos pequenos quando ele é tratado como uma brincadeira. Por isso, adicione ao momento uma música divertida e mantenha-se de boa vontade para separar os brinquedos. 

Tenha um canto especial da casa para a doação

Depois que a criança se acostumar com a prática das caixas, outra opção é dedicar um “cantinho da solidariedade” especial no lar. Nele, os objetos podem ser depositados ao longo do ano até pela própria criança.

O “cantinho da solidariedade” pode ser exclusivo para os brinquedos, aceitar itens de outros parentes ou até existir no cômodo de cada integrante da família.

Leve a criança ao momento da doação

Caso não conheça alguma instituição de caridade próxima à sua residência, fique de olho nas campanhas de doação realizadas por supermercados, ONG’s e grupos espontâneos que decidem arrecadar brinquedos para comunidades carentes — muito comum em datas comemorativas, especialmente o Dia das Crianças e o Natal.

Os brinquedos também podem ser levados a parentes e amigos da criança. Independentemente do destinatário, faz parte do incentivo à doação levar a criança no exato momento.

A ação de se ver entregando os brinquedos faz com que ela se sinta parte de algo maior, melhorando a sua autoestima, além de trazer um sentimento sincero de empatia, ao saber que outras crianças se divertirão com os seus brinquedos antigos.

Percebeu o quanto é enriquecedor para uma criança entender a importância da doação antes de comprar brinquedos novos? É um aprendizado que ela levará para a vida e influenciará suas atitudes. Lembre-se de que isso não precisa ser doloroso: procure envolver a criança ao máximo na magia que é ajudar, com o coração, outras pessoas.

Comprar brinquedos novos é sempre uma nova descoberta! Leia também sobre as 4 melhores marcas de brinquedos para crianças.

 

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário