Conheça 4 dicas de como vestir um bebê em diversas situações!

4 minutos para ler

Um bebê precisa ter sua temperatura corporal acompanhada bem de perto. Ele perde calor de forma rápida, ainda mais quando se trata de um recém-nascido. Até os 3 meses, é realmente necessário que ele fique mais aquecido. Por isso que saber como vestir um bebê é tão importante.

Muitos pais chegam a encher a criança com roupas, criando um peso em seu corpo. Além de provocar calor, isso pode gerar bastante incômodo. Assim, é comum que os bebês chorem unicamente por não estarem confortáveis com aquele peso extra. Por outro lado, não há como ele ficar desprotegido.

Entenda tudo o que você deve considerar antes de vestir um bebê da forma adequada!

1. Confira a temperatura

Os sites e aplicativos que apontam a previsão do tempo serão seus grandes aliados na hora de saber como vestir um bebê. Em nosso país tropical, são comuns mudanças mais bruscas de temperatura, passando do calor para uma tarde mais fria e vice-versa.

Especialmente antes de sair de casa para algum passeio ou consulta, confira a previsão de temperatura para aquele dia. A hora que você pretende voltar para casa com o pequeno é primordial. Após as 16 h e quando houver uma temperatura menor do que 24 graus, já é necessário vestir uma roupa mais quentinha.

2. Cuidado com as camadas

Como falamos acima, algumas crianças podem ficar incomodadas com a quantidade de camadas de roupas. Isso não significa que eles estejam com calor, mas sim irritados com a limitação de seus movimentos.

Muitas vezes é possível investir em um casaco bem quentinho, e deixar uma manta de reserva na bolsa de bebê, especialmente quando a temperatura não for tão baixa. Assim, ele ficará protegido, aquecido, mas sem muito peso em seu corpo. No inverno, o bebê precisa de mais camadas de roupa, além de gorro, luvinhas e meias bem quentinhas. Mas é preferível que evite ao máximo que ele fique exposto, mesmo aquecido, em lugares frios.

3. Aposte em macacões no inverno

Macacões são muito práticos e, quando pensamos em roupas de bebê, é impossível não lembrar deles! No inverno, por ter tantos modelos quentes, o macacão é uma das melhores opções. Ele consegue manter a criança aquecida sem precisar de muitas camadas de roupa. Por ser prático, facilita na troca de fralda, sem necessitar que o bebê fique muito exposto ao frio nessa hora.

Para acompanhar o macacão, os bodys com pernas e manga longa por baixo também são ótimas opções de roupa de inverno para o bebê. Ainda é possível adicionar uma calça a mais por cima do macacão, quando a temperatura for mais baixa do que 18 graus.

4. Atenção ao verão

Apesar do calor que sentimos no verão, os bebês não sentem o calor da mesma forma. Além disso, apesar de uma temperatura acima de 26 graus, é preciso ainda observar o nível de umidade no local em que se encontram. A umidade mais alta faz um local ficar mais fresco. Ocorre especialmente em estações como outono e primavera, quando, no sol, ficamos com calor, e na sombra pode-se usar casaco. Por tanto, mantenha o bebê com roupas mais quentes também nessas duas estações.

No alto verão é possível deixar o bebê com somente uma roupa. Pode ser um body, um vestido, um conjunto de camiseta e bermuda ou um macacão curto. Na hora de dormir, ainda é necessário verificar a variação de temperatura na madrugada, que costuma ser mais amena. Por isso, continue cobrindo-o com um pijaminha de algodão.

Uma dica extra para saber como vestir um bebê é medir a temperatura corporal dele tocando em seu pescoço. As mãos naturalmente ficarão mais frias, mas isso não significa que ele esteja com frio. Caso o pescoço esteja suado e muito quente, é sinal de calor. Hora de tirar uma camada da roupa!

Gostou das nossas dicas de como vestir um bebê? Então, que tal receber mais informações que podem facilitar sua rotina com o bebê diretamente no seu e-mail? Se inscreva na nossa newsletter e tenha essa praticidade!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-