Conheça agora 4 benefícios dos jogos de tabuleiro para crianças!

Conheça agora 4 benefícios dos jogos de tabuleiro para crianças!
7 minutos para ler

Competir com pela atenção dos filhos com smartphones, videogames, tablets e a Netflix não tem sido uma tarefa muito simples, tem?

Com esse excesso de tecnologia, as crianças acabam se distanciando e ficando um tanto imediatistas e superficiais. Por conta disso, essa geração Y, tida como “nativos digitais”, não tem aquela ânsia por brincadeiras e brinquedos clássicos como as outras gerações tinham.

Atividades em família têm o poder de melhorar o desenvolvimento social e cognitivo dos pequenos. É fundamental, portanto, que os responsáveis passem a essência e as tradições das brincadeiras antigas para as crianças, pois elas podem ser essenciais para a formação dos seus filhos.

Falando nisso, você sabe quais são os benefícios dos jogos de tabuleiro para crianças? Então confira 4 dicas sobre o assunto!

1. São bons para o cérebro

Jogos desse tipo moldam a forma de raciocínio e produzem efeitos bem positivos no cérebro, devido ao seu poder de concentração que exercem nos participantes. De acordo com a neurociência, essas atividades de lazer estimulam as conexões cerebrais e podem retardar o surgimento de doenças degenerativas, como o Alzheimer.

xadrez, por exemplo, para você ter uma ideia, tem a capacidade de construir um pensamento crítico, disciplina, paciência e análise de consequências, além de exercitar a memória e as habilidades de tomadas de decisão.

https://www.lojasjckids.com.br/xadrez

2. Ajudam o aprendizado

Os principais fatores que devem ser explorados na primeira infância são a criatividade e o raciocínio lógico, pois determinam boa parte da personalidade das crianças e as ajudam a lidar com as diversas situações que a vida poderá trazer.

Assim, essas brincadeiras clássicas se tornam fundamentais no desenvolvimento e na formação das crianças, justamente pelas suas características lúdicas e sua importância pedagógica. Os conhecimentos adquiridos com elas transformam a percepção do mundo e auxiliam a resolução de problemas nos mais variados níveis.

Alguns jogos proporcionam até que os participantes tomem gosto pela matemática! O famoso Banco Imobiliário é prova disso, por ensinar como lidar com dinheiro e o curto orçamento, além das estratégias para conquistar o maior número possível de propriedades.

3. Melhoram as relações sociais

A integração social com outras crianças é outra peça-chave para um desenvolvimento saudável e precioso entre os pequenos. Nesse sentido, jogos de tabuleiro para crianças geram competitividade e, muitas vezes, um espírito de equipe. Até quando há apenas um vencedor, no fim das contas, ninguém perde: a diversão e o aprendizado ali empregados se sobressaem.

Essa socialização será capaz de constituir comportamentos e noções de cooperação, autocontrole e honestidade. No ambiente escolar, isso gera facilidade na compreensão de conteúdos e no processo comunicativo das crianças.

Um exemplo que estimula bastante a criatividade, a imaginação e a sociabilidade nesse sentido é o jogo Imitatrix. Nele, ganha quem se der melhor nas mímicas e nas imitações para chegar ao fim do tabuleiro. Com certeza, não faltarão risadas!

4. Auxiliam as relações familiares

Pais e mães têm sempre a preocupação de saber como está a evolução intelectual e moral dos seus filhos, e não costumam medir esforços para dar a eles o que há de melhor em matéria de educação. Porém, a vida corrida do dia a dia, o estresse do trabalho e outras inúmeras coisas que ocorrem com os adultos acabam limitando esse tempo necessário com os filhos.

Por isso é que se faz necessário resgatar as clássicas brincadeiras de tabuleiro, para aflorar a ligação entre a família. Estreitar esses laços com os filhos é fundamental para desenvolver a autoestima, a segurança e o respeito dos pequenos para com o próximo.

Quanto a isso, uma opção interessante é o Jogo da Vida, capaz de entreter toda a família por diversas horas simulando situações que ocorrem durante a vida adulta. Inclusive, essa acaba sendo uma deixa para que os responsáveis ensinem algumas lições sobre como se portar e administrar os próprios problemas!

5. Ensinam a ganhar e a perder

Falhas são algo comum, até esperado durante a nossa vida. Ao longo do seu desenvolvimento e autodescoberta, as crianças podem passar por diversas etapas em que se torna necessário agir com perseverança e resistência para angariar conquistas e dominar novos conhecimentos.

Então, se a sensação de vitória e perda forem trabalhados em um contexto mais descontraído, entre amigos e familiares, situações como essa não serão tão duras para os pequenos quando forem vivenciadas em outros ambientes.

Compreender que os ganhos e falhas são comuns e conseguir construir a autoconfiança em cima de lições relacionadas ao tema é algo que vai preparar o seu filho para os desafios do futuro. Aliás, o livro “Inteligência Emocional”, de Daniel Goleman, ilustra isso muito bem ao apresentar uma série de situações em que o desenvolvimento de competências como essa foi negligenciado durante o crescimento dos personagens.

Lembre-se: ainda que a ocasião dos jogos de tabuleiros para crianças seja vista como um lazer despretensioso, os ganhos emocionais desenvolvidos ali têm profundo impacto para que o seu filho aprenda a administrar suas emoções e sentimentos de forma saudável e equilibrada.

6. Promovem o refinamento da coordenação olho-mão

Utilizar a percepção visual e as mãos ao mesmo tempo é considerada uma capacidade motora fina. O domínio dessa coordenação é mais frequentemente observada em crianças que praticam atividades manuais, como a pintura, ou que aprendem a tocar instrumentos musicais desde cedo.

Entretanto, o refinamento da psicomotricidade é realizado em atividades que exigem concentração, atenção visual e uso das mãos. E muitos exercícios que são executados de forma natural pelos pequenos contribuem para isso. Os jogos de tabuleiros, por exemplo, são um dos recursos mais acessíveis nesse sentido.

Muitas pessoas em idade adulta não apresentam um nível elevado de domínio desse tipo de coordenação. Portanto, quanto maior for o contato que o seu filho tiver com atividades que auxiliem esse desenvolvimento, mais vantagem e facilidade ele apresentará no decorrer da sua vida.

7. Estimulam o senso de responsabilidade

Durante os jogos, o seu filho se torna responsável por um conjunto de recursos, que precisa ser administrado, coordenado e empregado da maneira mais estratégica possível. Assim, ainda que se trate de uma situação fantasiosa, o senso de responsabilidade pode ser cultivado durante esses jogos de tabuleiro para as crianças.

Outro ponto relevante é que a sensação de deter a tomada de decisão, bem como a responsabilidade por conquistar vitórias por meio de estratégias e uso dos meios disponíveis, forma um contexto propício para cultivar as habilidades de liderança.

Em momentos como esse, o seu filho pode vivenciar na prática a importância de ter responsabilidade e ponderar sobre quais são as melhores decisões para si e para a sua equipe. Além disso, a argumentação em defesa do seu ponto de vista e das escolhas realizadas é um benefício que poderá ser observado em outros ambientes, como o escolar e o doméstico.

Diante de tudo isso, a conclusão é que os benefícios que os jogos de tabuleiro para crianças podem ocasionar são essenciais para o seu desenvolvimento comportamental e intelectual. Afinal, unir diversão com aprendizado para oferecer atividades dinâmicas e interessantes às crianças é sempre o melhor caminho para promover a evolução das suas habilidades!

Então, gostou de saber um pouco mais sobre os benefícios dos jogos de tabuleiro para as crianças? Agora, aproveite para conhecer algumas opções incríveis de brinquedos estratégicos para o seu filho!

Você também pode gostar

Deixe um comentário