Influência dos youtubers: você sabe quem seus filhos acompanham?

4 minutos para ler
Powered by Rock Convert

A Internet dominou grande parte do mercado de entretenimento para adultos e crianças. Os pequenos são especialmente atraídos por vídeos, pois são de uma geração mais tecnológica. Você já deve ter percebido seus filhos interessados em alguns canais do YouTube. Mas qual é a influência dos youtubers na infância?

Os vídeos dos influenciadores digitais podem ser bons ou maus para as crianças, como as redes sociais ou diversos outros materiais on-line. O meio utilizado pode ser muito benéfico se o conteúdo for de encontro com os limites apropriados para a idade destinada. Contudo, sem qualquer filtro, existe o risco de exposições desnecessárias.

Neste post, vamos falar sobre os nomes mais populares do YouTube entre as crianças. Você entenderá por que essas pessoas atraem tanto os mais jovens e qual o tipo de vídeo que divulgam.

Continue lendo e descubra isso e muito mais!

Quem são os youtubers populares entre as crianças?

A Internet está repleta de conteúdo, e é fácil se perder nela, principalmente quando você não faz parte do público-alvo. Fique atento aos nomes que listaremos a seguir: há grandes chances de serem conhecidos dos seus filhos, mesmo que você nem tenha ouvido falar em alguns deles!

Luccas Neto

O mais conhecido entre a criançada é certamente Luccas Neto. Não é à toa que seu canal conta com 30 milhões de inscritos! O público central varia entre 3 e 9 anos de idade, e o material produzido pelo youtuber costuma envolver brincadeiras e jogos, além de histórias variadas. Ele também conta com crianças no elenco.

Vale dizer que Luccas já passou por muitas polêmicas durante o crescimento do canal. Acusado de incentivar consumismo infantil e até compulsão alimentar, ele adaptou os vídeos conforme seu alcance aumentava. Atualmente, suas produções focam em misturar diversão e aprendizado.

Planeta das Gêmeas

Nicole e Melissa têm 12 anos e estão no YouTube desde 2015, quando surgiu o canal Planeta das Gêmeas. As irmãs contam, hoje, com 13 milhões de inscritos e uma média de 2 milhões de visualizações em cada vídeo publicado. Os conteúdos mostram o cotidiano das meninas, muitas vezes com aparições do irmão mais novo, Theo, ainda um bebê.

A identificação das crianças é simples: elas se veem espelhadas na tela. É mais legal ainda para quem as acompanha há mais tempo, já que o crescimento aconteceu simultaneamente. Mas elas não postam nada sem supervisão, mesmo fora do YouTube: a mãe é responsável pelo perfil no Instagram, por exemplo.

Erlania e Valentina

Aqui entra não apenas um canal, mas dois, da mãe e da filha! Valentina é a estrela, com mais de 19 milhões de inscritos, mas Erlania produz conteúdos semelhantes, e é justo dizer que ambos os perfis se complementam. Os posts variam entre desafios, brincadeiras e, principalmente, histórias com a bebê reborn.

O canal da Valentina se refere a essas últimas como novelinhas. São esses os vídeos que trazem mais visualizações, o que pode ser resultado tanto das narrativas (comuns no meio infantil, como vimos no caso do Luccas), quanto das bonecas já famosas entre as crianças.

Qual a influência dos youtubers?

Você deve ter percebido que os canais listados produzem material focado em crianças e têm sempre adultos por trás para monitorar tudo. Ainda assim, não dá para saber se há alguma influência dos youtubers, negativa ou não, se você não estiver de olho, certo? Portanto, procure sempre ficar atento aos canais que os pequenos assistem e os acompanhe também!

Além do YouTube, há mais cuidados necessários para manter as crianças seguras on-line. Confira algumas ações para se proteger na Internet!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário