Quais são as lições de vida para crianças, que Harry Potter ensina?

4 minutos para ler
Powered by Rock Convert

A saga da literatura e filme Harry Potter tem mais de duas décadas, e inclusive, ainda atrai muitos fãs de todas as idades em diferentes países. O lançamento do primeiro livro foi em junho de 1997, Harry Potter e a Pedra Filosofal, en que um menino de apenas 11 anos descobre ser um bruxo e é convidado para uma escola de magia.

Já na primeira narrativa, o livro garantiu um grande sucesso ao contar a história de Potter em seu primeiro ano em Hogwarts. Além desse, os livros seguintes também não ficaram atrás. A cada edição tinha uma nova aventura, suspense e lições de vida para crianças. Afinal, mesmo em um mundo sombrio de ficção, os personagens trazem muitos ensinamentos ao público.

Por isso, acompanhe nesta leitura as principais lições de vida para crianças, e até para adultos, ensinados em Harry Potter.

O valor do amor

A primeira marca de lição de vida para crianças é em Harry Potter e a Pedra Filosofal, em que o professor Dumbledore conta ao jovem Harry que ele foi salvo da morte por causa do amor existente dentro do próprio menino.

Voldemort tentou matar Potter quando ainda bebê, no entanto a mãe, Lily Potter, morreu para salvar o filho, e isso deixou em Harry uma marca, como uma proteção máxima para não permitir o mal tocá-lo. Por isso, Voldemort tentou matar diversas vezes Potter e nunca conseguiu.

O valor da amizade

A todo instante na narrativa são inseridos os valores da amizade e da lealdade. O jovem Harry Potter sempre foi alvo de críticas e pessoas curiosas, mas também conquistou bons amigos, como Rony e Hermione. Eles sempre apoiaram Harry, acreditaram nele quando a maioria o julgava e enfrentaram vários perigos juntos.

Em a Câmara Secreta, Hermione descobriu sobre basilisco e Rony ajudou Harry a entrar na Câmara, enquanto a maioria das pessoas na escola acreditavam que ele era o herdeiro de Salazar que petrificava os nascidos trouxas.

O valor da família

Harry era órfão e viveu até os 11 anos com os tios que o maltratavam. Contudo ele foi muito bem acolhido pela família Weasley, do seu amigo Rony. A mãe, Molly Weasley, com 7 filhos, sempre arrumava um jeito de ajudar Harry, como fazer um suéter para o Natal, dar presentes de aniversário ou participar da torcida pelo jovem no Torneio de Bruxos.

O valor de escolher o próprio destino

Harry também ensina uma lição de como somos responsáveis pelo nosso próprio destino. Em a Pedra filosofal, os jovens bruxos, quando chegam à Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, precisam ser encaminhados para umas das quatro casas da escola. Quem faz a designação dos alunos às casas é um chapéu seletor mágico, avaliando o perfil de cada um.

Quando chega a vez de Harry, o chapéu o indica para Sonserina, mas o bruxo rejeita a seleção, afinal ele quer fazer parte da Grifinória.

Dessa forma, o personagem deixa a lição de que conseguimos fazer as nossas próprias escolhas com o poder de decidir o nosso futuro.

Por fim, a saga Harry Potter ensina lições de vida para crianças e adultos, com capacidade de instigar a imaginação de pessoas de todas as idades. Não é à toa o sucesso, pois, além dos ensinamentos, mesmo com o término da saga, ainda há fãs que consomem muitos produtos do Harry Potter, tanto para uso, como para coleções.

Se você é uma dessa pessoas que adoram os produtos do Harry Potter, aproveite para conhecer as opções desse personagem na JC Brinquedos.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário